December 17th, 2013
Comments Off

Sininhos do Natal

Mensagens Natalinas

Como são alegres, são alegres,
Os sininhos do Natal,
Que vão retinindo, retinindo,
Neste belo dia sem igual!

Vem à terra graça e paz,
Que o bom Natal a todos traz,
Enquanto a voz e o coração
Entoam a canção!
Oh!
Como são alegres, são alegres,
Os sininhos do Natal,
Que vão retinindo, retinindo,
Neste belo dia sem igual!

O temor, cuidado vão,
Bani de vosso coração,
E nele brilhem graça e amor,
Em todo o resplendor!

December 17th, 2013
Comments Off

Mensagens para clientes natal

Feliz Natal

Cliente amigo, agradecemos sua presença, sua amizade e confiança dedicada durante esse ano que está terminando. Que o natal seja um momento de luz e harmonia e que no próximo ano possamos compartilhar juntos suas conquistas. Feliz Natal cliente amigo, boas festas e um ótimo ano novo para você e toda sua família.

December 17th, 2013
Comments Off

Oração de Natal

Mensagens Natalinas

Deus, fiel,
tu enviaste ao mundo o Salvador
como tinhas prometido ao teu povo,
e encarregaste-O de reunir na unidade
todos os teus filhos dispersos.

Ele é a tua Palavra viva,
e o que Ele diz é a paz.
A paz que Tu nos dás através d’Ele,
e que nos cabe também a nós construir.

Como no tempo de Isaías,
como na época de João Baptista,
a voz dos teus profetas
insiste connosco para traçar para Ele,
nas terras áridas da humanidade de hoje,
um caminho plano: endireitar com a verdade
as vias tortuosas da mentira,
encher com amor os fossos de ódio
que separam a família humana,
aplanar as montanhas de injustiça
que opõem os homens, dar de novo
a liberdade aos nossos irmãos que defrontam obstáculos
que lhes parecem intransponíveis.
Então a Tua glória revelar-se-á e todos verão
que a boca do Senhor falou.
A justiça caminha à sua frente
e a paz na senda dos seus passos.

Não deixes a nossa preguiça e o nosso egoísmo
atrapalhar o nosso caminho ao encontro de Cristo,
nossa paz.
Prepara os nossos corações para o acolhermos;
Que Ele nos encontre límpidos e irrepreensíveis na paz.
Isto Te pedimos em nome do próprio Jesus,
teu Filho, nosso Senhor.

December 17th, 2013
Comments Off

Natal todo dia – Grupo Roupa Nova

Mensagens de Natal

Um clima de sonho se espalha no ar
Pessoas se olham com brilho no olhar
A gente já sente chegando o Natal
É tempo de amor, todo mundo é igual

Os velhos amigos irão se abraçar
Os desconhecidos irão se falar
E quem for criança vai olhar pro céu
Fazendo pedido pro velho Noel

Se a gente é capaz de espalhar alegria
Se a gente é capaz de toda essa magia
Eu tenho certeza que a gente podia
Fazer com que fosse Natal todo dia

Se a gente é capaz de espalhar alegria
Se a gente é capaz de toda essa magia
Eu tenho certeza que a gente podia
Fazer com que fosse Natal todo dia

Um jeito mais manso de ser e falar
Mais calma, mais tempo pra gente se dar
Me diz porque só no Natal é assim
Que bom se ele nunca tivesse mais fim

Que o Natal comece no seu coração
Que seja pra todos, sem ter distinção
Um gesto, um sorriso, um abraço, o que for
O melhor presente é sempre o amor

December 17th, 2013
Comments Off

Mamãe noel gordinha

Mamãe Noel

 

Que o seu natal seja especial, Feliz Natal.

December 17th, 2013
Comments Off

Natal, o presente de Deus para nós

Mensagens Natalinas
“Portanto o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá e dará a luz a um filho, e será o seu nome Emanuel” Isaías 7:14.

Na virada do milênio, nos deparamos com a mais extraordinária de todas as festas da história da humanidade dos últimos vinte séculos: O NATAL. Apesar de ser uma celebração genuinamente Cristã, que exalta o nascimento de Jesus Cristo, o filho de Deus, como o salvador dos homens, até o mundo pagão incorporou a comemoração , num sentido meramente mercantilista, tal a repercussão que a efeméride traz sobre os povos dos quatro cantos da terra. Por incrível que pareça, lá mesmo no Oriente, na flagrante disputa armada entre Palestinos e Judeus, são visíveis as manifestações em torno da data magna da Cristandade. Em Belém, cidade berço do menino Deus, apesar dos conflitos bélicos que ameaçam os moradores, recentemente o seu prefeito, preocupado com os danos que a suspensão da festa poderia trazer ao mercado turístico da pequena Efrata, veio ao público garantir ao mundo, por meio da imprensa televisiva internacional, principalmente aos milhares de turistas que anualmente visitam aquela região nesta época, que os preparativos para o grande acontecimento (se referindo aos festejos natalinos) não seriam adiados por causa da guerra. Há um mistério celestial nesse evento, que envolve as pessoas, emocional e afetivamente, independentemente do seu nível social e intelectual, credo, raça ou cor. A miséria é mitigada pelo efeito restaurador do espírito natalino, que estimula o gesto altruísta das pessoas, nas inúmeras campanhas em prol dos desabrigados, dos órfãos e famintos. De alguma maneira, todas se sentem movidas pela solidariedade, que graça abundantemente neste período. Um convite a reflexão e a humanidade. Muita emoção, corações sensíveis para a generosidade, lembranças, reencontros, reconciliações, promessas, enfim há uma aura mística de encanta a gente, que atrai grandes e pequenos, poderosos e desvalidos, como um inebriante sentimento maior de devoção ao próximo. Que dizer de tudo isso? Qual a explicação para o frenesi desse momento tão contagiante: Feliz Natal! É a expressão sonora e efusiva que se repete em todas as línguas e dialetos, traduzindo a emoção que invade os nossos corações. Expressão esta, desejada sem preconceito de qualquer natureza, como saudação universal a todos os moradores do planeta, que faz do nosso mundo, mesmo que por um curto espaço de tempo, um paraíso fantástico, onde as gentes em harmonia se abraçam, se alegram e se comovem como uma grande família. Na verdade é muito mais do que uma festa, mais do que uma tradição. O Natal é a revelação do amor de Deus para conosco, quando Ele próprio manifesta a Sua vontade para com os homens e mulheres a quem Ele quer bem. Apesar de interesses menores ou escusos que possam ser identificados em torno do Natal, ainda assim, prevalece o milagre, isto é, o real sentido do seu significado e que o engrandece sobremaneira: Natal é Deus presente conosco. Paz e saúde para todos. Tenha você, hoje, um Momento de Fé e seja feliz. Bom dia.

December 17th, 2013
Comments Off

Jingle Bell Rock

Musicas de Natal

Jingle bell, jingle bell, jingle bell rock
Jingle bells swing and jingle bells ring
Snowing and blowing up bushels of fun
Now the jingle hop has begun

Jingle bell, jingle bell, jingle bell rock
Jingle bells chime in jingle bell time
Dancing and prancing in Jingle Bell Square
In the frosty air.

What a bright time, it’s the right time
To rock the night away
Jingle bell time is a swell time
To go gliding in a one-horse sleigh
Giddy-up jingle horse, pick up your feet
Jingle around the clock
Mix and a-mingle in the jingling feet
That’s the jingle bell,
That’s the jingle bell,
That’s the jingle bell rock

December 17th, 2013
Comments Off

Xuxa – Vem chegando o Natal

Mensagem de Natal
Vai começar um brilho no ar
Que festa tão linda você vai gostar!

Vem que está chegando o Natal!
Vem que está chegando o Natal!
Pois nasceu Jesus o Salvador!

Estrelas no céu a cintilar
Flores no ar vamos celebrar!
Vem que está chegando o Natal!
Vem que está chegando o Natal!
Pois nasceu Jesus o Salvador!
Natal é alegria, é Jesus no coração,
Por isso noite e dia vou cantando essa canção!
Vem que está chegando o Natal!
Vem que está chegando o Natal!
Pois nasceu Jesus o Salvador!
Meninos e meninas de todas as nações,
Comemoram este dia,
O Natal é muito bom!
Estrelas no céu a cintilar
Flores no ar vamos celebrar!
Vem que está chegando o Natal!
Vem que está chegando o Natal!
Pois nasceu Jesus
Pois nasceu Jesus
Pois nasceu Jesus o Salvador

Link: http://www.vagalume.com.br/xuxa/vem-chegando-o-natal.html#ixzz2nhJAOy00

December 17th, 2013
Comments Off

Noite de Natal

Mensagem de Natal

Noite feliz e ao mesmo tempo triste.
Feliz quando nos lembramos de pessoas importantes para
nós, pessoas que amamos.
Nos reunimos com algumas
destas em clima de confraternização.

Triste porque também há aqueles momentos em que as
lembranças nos levam para lugares distantes e nos faz
lembrar de entes queridos

Que nos deixaram e hoje nos faz muita falta ,nos traz
muitas saudades.

Essa é a Noite de Natal!

Uma noite com brilho e muita iluminação, mas também
muitas sombras e solidão para alguns.

Noite que muitos alcoolizados e imbuídos de uma falsa
alegria se esquecem do personagem principal dessa festa
… JESUS !

A ele principalmente devemos comemorar,
pois é Noite de Natal.

December 17th, 2013
Comments Off

Pedidos Ao Papai Noel

Mensagens de Natal
O senhor vai me desculpar se lhe falo com liberdade,
mesmo não tendo nenhuma familiaridade com o senhor.

Para mim, o senhor é sempre um pouco estranho,
e até acaba me resultando algo antipático.

Me desculpe, viu?!

Nos meus tempos de criança, lá na Espanha, o senhor não era protagonista do Natal.
Sabíamos mais ou menos que, nos países frios do norte da Europa, veneravam um tal de São Nicolau ou Santa Klaus, velho de barba branca e com um saco nas costas, que andava pela neve distribuindo presentes à criançada.

Para nós, Natal era o Menino Jesus, Nossa Senhora e São José, Belém e a estrebaria, a estrela, os anjos, os pastores, os reis magos…
O nascimento de Jesus Cristo, Filho de Deus, nascido de Maria.

Deus feito homem! Tudo isso simbolizado e vivido – com muita fantasia e emoção, com muita religiosidade – no presépio, tão carinhosamente preparado em todas as famílias católicas, às vezes com arte extraordinária.

Era a missa da noite de Natal e as cantigas próprias desse tempo litúrgico. Também, claro, os presentes familiares, as comidas típicas (o turrón, por exemplo) e as tradicionais representações cênicas (os pastorets na minha Catalunha).

Tudo, sempre, em torno ao Menino Jesus.

Ele era o Natal! Agora – me desculpe -, o senhor entrou no meio e… botou o Menino Jesus para fora do Natal!

Natal é o Papai Noel, Papai Noel é o Natal, e o Menino Jesus já era!

Francamente, o senhor está me incomodando.
O velho matou o Menino, penso às vezes.

E me dá raiva, viu?!

Pensando melhor, porém, sei muito bem que a culpa não é propriamente sua.
O senhor entrou nessa sem querer.
Foi metido no Natal deles.
Eles o sentaram em cima do Menino, e o negócio interesseiro que fazem com o senhor apagou a luz e a graça do Mistério do Natal.

Natal virou mercado, já antes de chegarmos a estes tempos diábólicos do Mercado Total.
E vira também, naturalmente, bebedeira e briga e esbanjamento e ofensa aos pobres que não têm nem casa, nem comida, nem calor humano.

Eu acredito que, se o senhor é mesmo São Nicolau, o que vai querer é que Jesus seja conhecido e amado e seguido. I
sso é o que querem todos os santos e santas de verdade.

Jamais o senhor pretenderia usurpar o Mistério do Natal, menos ainda para fazê-lo virar frivolidade e negócio.
Acreditando nisso, quero lhe fazer um pedido, senhor São Nicolau, o verdadeiro. Ou vários pedidos.

Sendo que Deus resolveu nos dar o seu próprio Filho, todo pedido é pouco…

Continue a entregar presentes a todo o mundo, sobretudo aos duros de coração e aos corações de criança.
Para os duros de coração, o sentido da justiça e da solidariedade e da partilha. Para os corações de criança, mais sonho ainda (utopia, necessária como o pão de cada dia), a esperança sempre maior, uma ternura do tamanho de todas as estrelas de Natal juntas e muita coragem e união para lutarem pelo Tempo Novo que Jesus veio inaugurar com o seu nascimento.
Ajude aos pobres e marginalizados do campo e da cidade, negros, índios e brancos, mulheres e homens, a conquistarem a terra e o pão, a casa e a dignidade, a cidadania e a festa.
A todas as autoridades deste mundo, vergonha, responsabilidade e espírito de serviço. E a todas as pessoas, aquele presente maior, que é o próprio Evangelho, a Boa Nova que os anjos de verdade cantaram nessa Noite, a mais bela da História humana, porque nela o próprio Deus nasceu feito humano, como nós, filho de mulher, criança e pobre…
Desculpe, senhor Papai Noel, se pensei mal do senhor, e muito obrigado se pedi bem!

Com um beijo em sua barba branca.

(Robert chied)