Mensagens Natalinas

Natal, o presente de Deus para nós

Mensagens Natalinas
“Portanto o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá e dará a luz a um filho, e será o seu nome Emanuel” Isaías 7:14.

Na virada do milênio, nos deparamos com a mais extraordinária de todas as festas da história da humanidade dos últimos vinte séculos: O NATAL. Apesar de ser uma celebração genuinamente Cristã, que exalta o nascimento de Jesus Cristo, o filho de Deus, como o salvador dos homens, até o mundo pagão incorporou a comemoração , num sentido meramente mercantilista, tal a repercussão que a efeméride traz sobre os povos dos quatro cantos da terra. Por incrível que pareça, lá mesmo no Oriente, na flagrante disputa armada entre Palestinos e Judeus, são visíveis as manifestações em torno da data magna da Cristandade. Em Belém, cidade berço do menino Deus, apesar dos conflitos bélicos que ameaçam os moradores, recentemente o seu prefeito, preocupado com os danos que a suspensão da festa poderia trazer ao mercado turístico da pequena Efrata, veio ao público garantir ao mundo, por meio da imprensa televisiva internacional, principalmente aos milhares de turistas que anualmente visitam aquela região nesta época, que os preparativos para o grande acontecimento (se referindo aos festejos natalinos) não seriam adiados por causa da guerra. Há um mistério celestial nesse evento, que envolve as pessoas, emocional e afetivamente, independentemente do seu nível social e intelectual, credo, raça ou cor. A miséria é mitigada pelo efeito restaurador do espírito natalino, que estimula o gesto altruísta das pessoas, nas inúmeras campanhas em prol dos desabrigados, dos órfãos e famintos. De alguma maneira, todas se sentem movidas pela solidariedade, que graça abundantemente neste período. Um convite a reflexão e a humanidade. Muita emoção, corações sensíveis para a generosidade, lembranças, reencontros, reconciliações, promessas, enfim há uma aura mística de encanta a gente, que atrai grandes e pequenos, poderosos e desvalidos, como um inebriante sentimento maior de devoção ao próximo. Que dizer de tudo isso? Qual a explicação para o frenesi desse momento tão contagiante: Feliz Natal! É a expressão sonora e efusiva que se repete em todas as línguas e dialetos, traduzindo a emoção que invade os nossos corações. Expressão esta, desejada sem preconceito de qualquer natureza, como saudação universal a todos os moradores do planeta, que faz do nosso mundo, mesmo que por um curto espaço de tempo, um paraíso fantástico, onde as gentes em harmonia se abraçam, se alegram e se comovem como uma grande família. Na verdade é muito mais do que uma festa, mais do que uma tradição. O Natal é a revelação do amor de Deus para conosco, quando Ele próprio manifesta a Sua vontade para com os homens e mulheres a quem Ele quer bem. Apesar de interesses menores ou escusos que possam ser identificados em torno do Natal, ainda assim, prevalece o milagre, isto é, o real sentido do seu significado e que o engrandece sobremaneira: Natal é Deus presente conosco. Paz e saúde para todos. Tenha você, hoje, um Momento de Fé e seja feliz. Bom dia.